Os perigos de um programa motivacional mal desenhado

Em Mato Grosso, uma fábrica queria motivar os funcionários. Criaram um programa motivacional com uma premiação na qual quem tinha as vendas abaixo da meta recebia o ‘Troféu Tartaruga’ ou o ‘Troféu Lanterna’.

Constrangido, um ex-funcionário que ganhou “Troféu Lanterna”, denunciou o caso à Justiça do Trabalho. Após julgado, ganhou uma indenização de R$ 80 mil por danos morais.

Em nota, a fábrica informou que o “o objetivo do prêmio era motivacional, visando de maneira descontraída e lúdica estimular algumas das equipes de vendas”. Mas para o juiz, a técnica ridicularizava o empregado.

A estratégia utilizada pela empresa para motivar a equipe gerou um efeito contrário ao desejado. Além de ter causado sérios danos aos membros da equipe.

Esse exemplo real mostra a importância da atuação de profissionais qualificados de RH na formação de metas e estratégias comerciais.

Empresas mais eficientes na gestão do capital humano têm resultado econômico 2 vezes maior. Ter um RH inteligente e descomplicado, que una tecnologia e inovação às melhores práticas do mercado para alavancar os resultados é essencial para as empresas que querem ir mais longe.

Se você não tiver o direcionamento correto tentando acertar você poderá errar.

Entre em contato conosco e saiba como podemos te ajudar a criar um programa motivacional de resultados!

Luanny Faustino

Compartilhe isso: